A superexploração no trabalho e o consumismo desenfreado

in pt •  7 months ago  (edited)
No passado, para a humanidade, o trabalho estava intimamente relacionado com a luta pela sobrevivência e possuía um significado mais real.


O indivíduo se realizava enquanto ser humano através de seu ofício. Já o consumo era pautado somente com intuito de saciar nossas necessidades básicas.


Os tempos mudaram, e hoje podemos perceber que o trabalho e o consumo, encontram-se descolados de nossas necessidades reais, profundas e vitais.

Por um lado a sociedade começou a exigir cada vez mais do trabalhador. O emprego para a imensa maioria se tornou uma obrigação penosa, que se realiza unicamente com fim de receber o salário no fim do mês, um valor que dificilmente atende todas as necessidades do cidadão.

Por outro, o mercado estimula o consumismo de uma maneira jamais vista em nossa história.

Sim, um trabalhador deve ser recompensado e valorizado, de modo que uma parte do seu salário possa ser gasta com lazer e consumos ligados a sua satisfação pessoal. Um profissional mais qualificado ganha mais dinheiro e amplia seu poder aquisitivo de bens materiais.

No entanto a mídia manipula a insatisfação das pessoas, influenciando direta ou indiretamente no seu comportamento social e pessoal, exibindo tendências, hábitos, moda, estilos e novas tecnologias, etc. O que leva o consumidor a necessidade de uma nova identidade e a estar sempre adquirindo novos produtos.

Ao mesmo tempo lutando nesta batalha em um mercado de trabalho cada vez mais difícil e competitivo, ocorre uma queda na qualidade de vida, por exemplo, devido a falta de tempo, começa-se a dormir cada vez menos, se alimentar pior, o que pode trazer sérias consequências para a saúde.

Este estado pode evoluir para estafa e cansaço excessivo do corpo e da mente, dores crônicas, distúrbios do sono, podendo chegar a um quadro mais grave de estresse e depressão.

Em relação ao consumismo desenfreado e desnecessário, apenas para mencionar uma de suas diversas consequências negativas:

A geração de uma quantidade sem paralelos de dejetos sem um destino adequado após o uso, o que pode apresentar grandes riscos ao meio ambiente e a nossa vida por meio da poluição e contaminação.

Para o ser humano, a compulsão consumista pode também resultar em problemas financeiros como o endividamento e a falência.

Estamos nos tornando cada vez mais exigentes e incapazes de ficarmos satisfeitos por muito tempo: Quando se satisfaz uma necessidade, outra logo surge em seguida.

Isto nos leva a importantes reflexões: O homem trabalha para viver ou vive para trabalhar? O que temos é o que realmente precisamos e que de fato queremos ter? Consumimos para viver ou vivemos para consumir?


Imagem: AFL e Fonte de Pesquisa: VidaConsumoeTrabalho, para ler mais artigos, visite: Mary Emily - Todos os Artigos



participe do ptgram | conheça nossa comunidade

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

This story was recommended by Steeve to its users and upvoted by one or more of them.

Check @steeveapp to learn more about Steeve, an AI-powered Steem interface.

Obrigado por postar! Esse comentário é o novo bot que dará upvote 1% para todos os posts que usam a tag #pt.

@marianaemilia, We human beings converted our Natural Life into Commercial Life. More than needs we are running towards the wants and we all know that human wants can be Infinite. This situation leads to the situations of Domination, now we are seeing one picture and that is few hold maximum resources and we all know that in one way or other they hold due to power and domination.

Once again we have to convert to natural life and creator gave great job to us and that is field work like agriculture. Stay blessed.

Posted using Partiko Android

ótimo texto, parabéns,

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

é verdade, eu vivo isto, a parte do consumismo eu me controlo, mas no trabalho me sinto superexplorada

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

fuja desta loucura enquanto pode

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

muito obrigado a todos pela visita e comentários

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

good work !

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Day after day, man must optimize his ability at work, and doubt its usefulness when it stops producing: / It is reified, and it is a crude reality that we live in today, trapped by ads that alone make us look like machines . :(